​​​​​​Um dos principais HUBs da América Latina, o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, foi inaugurado em 20 de janeiro de 1985.

Em 1989, iniciou a operação da segunda pista, com 3,7 mil metros de extensão. Quatro anos mais tarde, em 1993, concluiu a primeira expansão com a abertura do Terminal 2.

Em 2001, passou a ser chamado de Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos – Governador André Franco Montoro. ​

No ano de 2004, foi concluída a modernização da torre de controle.

Já em 2012, foi inaugurado o Terminal 4, hoje chamado de Terminal 1. E em 6 de fevereiro do mesmo ano foi concedido à iniciativa privada. O consórcio formado pelas empresas Invepar e ACSA (Airports Company South Africa) foi anunciado como vencedor do leilão de concessão.

O contrato foi assinado em julho de 2012 por um período de 20 anos, formando a Concessionária do Aeroporto Internacional de Guarulhos S.A., que responde por 51% da participação acionária, e se soma aos 49% da estatal Infraero.

Durante o período de transferência operacional, em 15 de novembro de 2012, o aeroporto ganhou uma nova marca: GRU Airport – Aeroporto Internacional de São Paulo.

Em 2014, inaugurou o moderno Terminal 3, com 192 mil metros quadrados, construído em tempo recorde: 1 ano e 9 meses de obra.

Em novembro de 2015, os terminais foram renumerados e os antigos terminais 1 e 2 foram unificados, tornando-se o atual terminal 2 e o antigo terminal 4 o atual terminal 1, melhorando a lógica de organização dos terminais e facilitando o deslocamento dos usuários no GRU Airport.

Destinos internacionais a partir do GRU Airport

GRU AIRPORT EM NÚMEROS
 
  • ILS (Instrument Landing System): Categoria III-A​
  • ​​Horas de operação: 24 horas em todos os terminais​
  • Área total do aeroporto (cerca patrimonial): 11.905.056,52 m2
  • Área total do aeroporto (cerca operacional): 5.883.000 m2​
  • ​Área total de pátio: 975.513,18 m2
  • Pistas de pouso / decolagem: 301.500 m²  – 09R/27L com 3.000 m x 45 m  e 09L/27R com 3.700 m x 45 m, homologada para operação de aeronaves de Código F (A380)
  • Taxiways:  485.632,1 m²
  • Slots disponíveis por hora: 47
  • Posições de estacionamento para aeronaves: 123 posições
  • Pontes de embarque: 45 (das quais 6 são de código F)
  • Tipos de aeronave: Códigos A, B, C, D, E e F (incluindo 747-800 e A380)
  • Coordenação das posições: ATA level 2 Airport 
  • Balcões de check-in: 362

    Terminal 1: 34
    Terminal 2: 185 / T2 (re-check-in): 15 
    Terminal 3: 102 / T3 (re-check-in): 26
  • Portões de embarque: 77
    Terminal 1: 9
    Terminal 2​: 42​​
    Terminal 3: 26​​​​

Escreva uma crítica

Clique para avaliar

Esse é o seu negócio?

A listagem de reivindicações é a melhor maneira de gerenciar e proteger sua empresa

Reivindique agora!

Reivindicar esta listagem

Reivindique sua listagem para gerenciar a página de listagem. Você terá acesso ao painel de listagem, onde poderá fazer upload de fotos, alterar o conteúdo da listagem e muito mais.

Whatsapp